Porque ter uma estratégia de email marketing

Hoje no mundo do marketing digital novas estratégias surgem a cada segundo, gurus de marketing espalham ideias pela rede como um mantra do sucesso, mas qual o melhor alternativa? Qual a alternativa com resultados consistentes e seguros.  Uma ótima alternativa é o email marketing.

Deve-se ter em mente que as perguntas acima são pertinentes na hora de montar a estratégia de marketing digital da sua empresa. Uma escolha errada pode não só prejudicar sua campanha à curto prazo mas como retirar credibilidade da sua marca a longo prazo.

Hoje a alternativa mais promissora em termos de marketing digital, muitas vezes subestimado ou mal utilizado, o email marketing tem um dos mais altos índices de retorno dentro das estratégias de marketing digital.

Mas você esta pensando, “mas hoje o grande carro chefe do marketing digital são as redes sociais como Facebook, Linkedin e Twitter que tem um impacto rápido e abrangente nos consumidores”.

Correto, as redes sociais tem um trafego intenso e rápido e devem ser usadas em estratégias que sejam dinâmicas, usuários navegam por seus perfis de forma rápida, não se interessando por conteúdo extenso e denso. Isso acontece pela própria dinâmica em que à rede social se baseia uma fonte de informações rápida e abundante.

E é ai que o uso do email marketing brilha, por que quando alguém abre sua caixa de email, ele em geral esta disposto há gastar algum tempo analisando seu conteúdo.

O site My Life apontou algumas vantagens do email marketing.

  • As pessoas administram, em média, 3,1 endereços de e-mail.
  • Quando acordam, 27% dos usuários de redes sociais checam suas contas antes de fazer qualquer outra coisa.
  • 42% dos usuários de redes sociais têm contas em diversas plataformas. Especificamente entre o público de 18 a 34 anos, esse percentual sobe para 61%.
  • 56% têm medo de ficar por fora das novidades se não estiverem conectados o tempo todo. Receiam deixar passar evento, notícia, foto etc.
  • No ano passado, 52% consideraram tirar férias das redes sociais. O que mais motiva essa decisão é o excesso do conteúdo irrelevante ou, então, o excesso de tempo que as redes sociais tomam.
  • Das pessoas que frequentam redes sociais, 29% têm conta no Linkedin. Em 2012, esse índice era de 22%%. ∞

De posse destes dados é possível perceber como o email marketing possui um mercado amplo e seguro que pode com muita eficácia se encaixar na sua estratégia.

Este é somente um artigo introdutório, abordaremos mais de perto como montar u